Skip to main content

Segurança na Internet: use gerenciador de senhas contra fraudes e roubos

Segurança na Internet - gerenciador de senhas.

Um dos objetivos do blog é compartilhar informações sobre ferramentas úteis de produtividade focadas na área acadêmica. A dica desta vez, no entanto, é um serviço que serve para aprimorar a sua segurança online na rede: usar um bom gerenciador de senhas.

Cada vez mais os serviços que precisamos no nosso dia a dia dependem da Internet: seja para fazer uma compra online, acessar o saldo no banco ou chamar um carro para se deslocar pela cidade. Para cada serviço desses, na maioria das vezes, é preciso ter um nome de usuário (login) e senha. O que acontece é que vai se tornando praticamente impossível guardar a combinação para cada site ou app que você tem.

E não… não use o mesmo login e senha para vários serviços ao mesmo tempo! Essa é uma das principais recomendações sobre o que NÃO se deve fazer em termos de segurança na Internet. É bom lembrar que houve um aumento significativo dos crimes cibernéticos durante a pandemia, entre fraudes, roubos e falsificações. Ninguém quer correr o risco de cair numa roubada, não é mesmo?

Qual a melhor solução então para se manter seguro?

Sem dúvida a opção número um sempre é ter um bom antivírus (e mantê-lo constantemente atualizado), tanto no seu computador de mesa quanto no smartphone. Entretanto, quando falamos sobre login e senha, a melhor alternativa que existe é utilizar um gerenciador de senhas.

O que é um gerenciador de senhas?

Trata-se de um aplicativo que propõe manter um “cofre forte” de armazenamento de todos logins e senhas dos seus sites e aplicativos em um mesmo lugar. Você então passa a precisar de apenas uma senha – a do gerenciador. E, o mais importante, ele gera senhas fortes, com alto grau de segurança, para você ficar mais tranquilo em não ter sua senha roubada por hackers.

Como funciona?

Basicamente você terá que ter instalado o app no seu smartphone e a extensão para os navegadores no seu desktop. Daí em diante toda vez que vier a famosa tela de acesso pedindo login e senha, o app/extensão pode ser acionado para preencher automaticamente os dados. Uma mão na roda, não é mesmo?

Qual gerenciador escolher?

Existem várias alternativas no mercado e a que indico, que é a que eu uso diariamente, se chama… É um serviço que dispõe de um bom plano gratuito que, no meu caso, responde satisfatoriamente às minhas necessidades.

// Atualização 2 de Março de 2021

Por dois motivos precisei retificar a minha indicação de gerenciador de senhas: 1) a mudança da política do aplicativo, que limitou muito sua versão gratuita, e 2) um problema na segurança dos dados pessoais, para mim a pior notícia e que justifica a atualização deste post.

Bitwarden

Desta vez, após pesquisar e ler algumas matérias de sites especializados (aqui, acolá e neste outro), me pareceu mais seguro migrar para um serviço que não apresenta os problemas acima mencionados e que tem uma boa versão gratuita: o Bitwarden. Instalei e a experiência de usuário tem sido positiva naquilo que se espera de um gerenciador de senhas – e espero que assim permaneça!

Podes pesquisar outros serviços, mas NÃO deixe de adotar essa que é uma importante ferramenta de segurança cibernética em um cenário de muitos riscos.


Fique por dentro das novidades sobre Carreira Acadêmica!


Tome nota: Evernote

Algumas ferramentas de produtividade são essenciais para quem atua na área acadêmica, seja como professor, pesquisador ou estudante. Se você precisa de um programa para fazer fichamentos e guardar anotações importantes, o Evernote é uma boa opção.

O que faz o Evernote?

Basicamente é um programa para fazer anotações, disponível tanto para desktop quanto aplicativo para smartphone. Você já deve conhecer serviços semelhantes, como o Google Keep e o OneNote, da Microsoft. O que diferencia o Evernote é o seu editor de notas, com funcionalidades mais robustas em relação aos seus similares, o que permite elaborar notas com mais opções de edição de texto, layout e design.

Por que o Evernote é bom para uso acadêmico?

O Evernote pode ser uma ferramenta muito útil na área acadêmica. Sabe aqueles papéis com fichamentos de vários textos lidos para trabalhos ou pesquisas? Substitua por notas que podem conter PDFs, imagens e até áudios. O melhor é que tudo fica na nuvem e pode ser acessado no seu computador ou no aplicativo de celular!

Por falar no celular, o aplicativo do Evernote permite ter acesso às suas notas e também criar novas a partir da câmera, podendo transformar aquela sua pilha de papéis em um arquivo digital de fácil acesso e manuseio.

O Evernote apresenta alguns plugins interessantes para navegadores. Para quem precisa ler muitas matérias e há no site uma poluição visual de banners e etc, o Clearly é a solução ideal: a página é recarregada focando só no texto, sem imagens, e ainda te dá a opção de salvar em PDF o texto “limpo”. Já o Webclipper é o plugin para quem quer salvar capturas de tela diretamente como uma nota. Achou algo interessante navegando e quer rapidamente salvar aquela informação? Use esse plugin!

Voltando ao Evernote em si, a parte mais importante para quem tem um volume grande de informação para armazenar é a possibilidade de organizar as notas em cadernos, dando a cada uma etiquetas que as identificam facilmente. Um sistema de busca interno facilita achar aquelas notas que você precisa. É a função que mais uso quando vou escrever um artigo e preciso dos fichamentos para compor a minha bibliografia.

Onde posso fazer o download? É de graça?

Você pode acessar o site oficial em português do Evernote aqui para baixar a versão desktop e/ou instalar no seu celular via Google Play (Android) ou AppStore (iOS). É possível também usar a versão web direto no navegador.

É preciso fazer um cadastro para poder ter sua conta no Evernote. A bota notícia é que o plano básico é gratuito, o que já permite guardar notas simples em formato texto. Nesse plano o limite de envio mensal é de 60 Mb, e o tamanho máximo de uma nota é de 25 Mb, ou seja, não permite que sejam salvos muitos PDFs e imagens pesadas, caso você precise utilizar esses recursos. Vale destacar que só será possível utilizar o programa em dois dispositivos (seu celular e o computador, por exemplo).

Para quem quiser desfrutar de mais espaço para suas notas e outras funcionalidades extras, o Plano Premium cobra atualmente (Julho de 2020) o valor de R$9,00 mensais. Se a sua necessidade de espaço for maior para suas notas, o programa for realmente útil no seu trabalho e couber no orçamento, vale a pena considerar contratar o serviço. Há ainda um plano especial para Business.

Gostou da dica?

Deixe seu comentário aqui embaixo no formulário e diga o que achou da postagem. Compartilhe com seus colegas, família e quem mais você achar que o Evernote pode ajudar em suas tarefas. E não se esqueça de assinar a nossa Newsletter para ficar por dentro das últimas novidades.